Zéfiro | A Igreja Gnóstica
Utilizamos cookies para dar uma melhor experiência e eficiência de navegação. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.
Entendi
Por favor aguarde
20 %
A Igreja Gnóstica
A Igreja Gnóstica
11,92 € 14,90 €
Poupe: 2,98 €

TRADIÇÃO HUIRACOCHA
de A. Krumm-Heller

  • ISBN: 9788537002568
  • Stock: Disponível
  • Editora: Madras


Sobre o Livro

Gnose é uma palavra originada do termo grego gnosis, e significa conhecimento. Portanto, o gnóstico, sendo o detentor da gnose, é aquele que foi realmente iniciado em seu mundo interno, ou seja, adquiriu o autoconhecimento pleno, o “conhece-te a ti mesmo.” Acredita-se que gnose é um conhecimento que pressupõe união, comunhão, identificação entre o conhecedor e o conhecimento, pois conhecer é ser.

Quanto ao Gnosticismo, pode-se dizer que é um sistema de conceitos doutrinários que floresceu no século II, estendendo-se até o século IV, de caráter nitidamente influenciado pelo Cristianismo. Porém, os fatos mostram que suas origens remontam às épocas e às filosofias anteriores ao próprio Cristianismo, que floresciam na Babilônia, no Egito, na Síria e na Grécia. A maior polêmica contra os gnósticos ocorreu no período patrístico, com os escritos apologéticos de Irineu (130-200), Tertuliano (160-225) e Hipólito (170-236). O Gnosticismo foi considerado um movimento herético pelos cristãos ortodoxos.

Os textos gnósticos encontrados em Nag Hammadi, na década de 1940, reascenderam estudos e pesquisas a respeito dos enigmas vivenciados por grandes sábios da Antiguidade. Em A Igreja Gnóstica, o leitor terá acesso a esses sagrados mistérios, bem como a seus significados.


Biografia

Arnold Krumm-Heller nasceu na Alemanha, em 1876. Formou-se em Medicina e tornou-se um poliglota. Foi um exímio pesquisador sobre ciências naturais e arqueologia pré-colombiana. Ainda jovem, ingressou na Maçonaria, na qual conquistou os mais altos graus. A partir daí, conviveu com os principais dignitários das congregações ocultistas de seu tempo.

Em 1905, aos 26 anos, Krumm-Heller foi iniciado por Papus, que era representante da Ordo Templi Orienti (OTO), na França. No mesmo ano, foi sagrado ao sacerdócio da Ecclesia Gnostica pelo próprio Papus. Já em 1909, com viagem marcada para o México, a fim de concluir seus estudos acadêmicos em Arqueologia, foi elevado a bispo da Igreja Gnóstica e recebeu delegação para introduzir a jurisdição de seus cultos nos países de línguas espanhola e portuguesa.

Ao retornar à Europa, obteve acesso a sociedades científicas e a conclaves internacionais que o motivaram à apresentação de trabalhos escritos, resultando em pesquisas transformadas em livros. Seus estudos ampliaram-se ao mundo esotérico e fizeram dele um conceituado místico, além de um erudito.

Em 1927, foi estimulado a fundar a Fraternitas Rosicruciana Antiqua (FRA). Dois anos depois, o Grande Mestre Arnold Krumm-Heller alcançou iniciações incaicas, quando recebeu o cognome de Huiracocha. Ele chegou ao mais alto grau da Igreja Gnóstica, o de Patriarca. Em seu patriarcado, foi criada a Igreja Gnóstica do Brasil, em 1936. Faleceu em 19 de maio de 1949.


Detalhes

Título: A Igreja Gnóstica
Subtítulo: Tradição Huiracocha
Autor: A. Krumm-Heller
Editora: Madras
Nº de Páginas: 160
Língua: Português
ISBN: 9788537002568
Ano de Edição: 2007
Encadernação: Capa Mole
Dimensões: 14 x 21 x 0,9 cm
Peso: 200 g

Categorias:

Esoterismo
Esoterismo > Sabedoria Antiga
Esoterismo > Sabedoria Antiga > Gnose
Esoterismo > Ocultismo
Esoterismo > Ocultismo > Hermetismo
Espiritualidade
• Os nossos Autores > Madras > A. Krumm-Heller


Opinião dos Leitores