Zéfiro | II – Teoria do Campo-Caminho Unitário – O Homem: A Natureza e a Cultura
Utilizamos cookies para dar uma melhor experiência e eficiência de navegação. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.
Entendi
Por favor aguarde
II – Teoria do Campo-Caminho Unitário – O Homem: A Natureza e a Cultura
17,00 €

ORGANISMO E ORGANISMO SOCIAL, O INDIVÍDUO E O SISTEMA
de Fernando Pereira Nogueira

  • ISBN: 9789729898075
  • Stock: Disponível
  • Editora: Maitreya


Sobre o Livro

Não há oposição de natureza entre os respectivos objectos de estudo – da Física à História. Mas as leis da natureza só permanecem mudando, pelo que seria incorrecta a sobrevalorização das leis gerais pela subvalorização das específicas, e vice-versa.

O homem vai deslocando progressivamente a sua base estrutural de predominantemente biológica a histórico-cultural. O que não implica anulação do papel da estrutura genética. E como ambos os ritmos são paralelos, a alteração do peso relativo da estrutura genética na formação, apesar de tudo conjuntural, do homem em sociedade, é muito mais uma questão de grau do que de natureza.

À medida que se for estruturando o Sistema Social Orgânico, se irá superando também a contradição entre a Evolução Natural e a Evolução Cultural do homem e da sociedade; se operará progressivamente a adequação consciente do desenvolvimento científico, técnico, político-social, etc., ao processo de desenvolvimento da natureza.

O estádio da tendência à dominância socialmente dominante é o que tende a determinar o poder político, e é para ele que converge a maioria da população. Hoje, a ciência está se tornando a base produtiva da sociedade. Daí, o previsível deslocamento das formas de exploração para o estádio em que o homem se afirma como fonte de informação. Aliás, está-se evidenciando uma forma mais refinada de exploração: a exploração da intelectualidade autêntica pela “intelligentsia” tecnocrática.

Dir-se-á que a verdadeira criatividade não resulta propriamente de uma actividade laboral. Só que essa é uma perspectiva ideal.

Nem a sociedade poderia oferecer aos indivíduos condições para uma disponibilidade total à criatividade. O que implicaria uma negação absoluta dos conceitos de trabalho e de rendimento, isto é, uma negação de si própria enquanto realidade histórica.


Detalhes

Título: II – Teoria do Campo-Caminho Unitário – O Homem: A Natureza e a Cultura
Subtítulo: Organismo e Organismo Social, o Indivíduo e o Sistema
Autor: Fernando Pereira Nogueira
Editora: Maitreya
Colecção: Saberes
Nº de Páginas: 268
Língua: Português
ISBN: 9789729898075
Ano de Edição: 2015
Encadernação: Capa Mole
Dimensões: 14,5 x 21 x 1,4 cm
Peso: 350 g

Categorias:

Esoterismo > Ocultismo > Nova Era
• Os nossos Autores > Maitreya > Fernando Pereira Nogueira
• As nossas Colecções > Maitreya > Saberes


Opinião dos Leitores